Militar que foi direto para a UTI Covid-19 recebe alta na UTI Domed

Tempo de leitura: 1 minuto

Depois de 16 dias hospitalizado na UTI Domed do Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília (DF), o primeiro-sargento da Aeronáutica Vicente Pereira Tiago se recuperou da Covid-19 e deixou a unidade.

Mineiro de Patos de Minas, o militar tem 73 anos de idade. Desses, já são cinco décadas como morador de Brasília. Ele reside em Ceilândia, cidade do DF a cerca de 30 quilômetros do centro da capital. Casado com a sra. Josefa, o sargento tem um filho, Diogo, e uma neta de 8 anos, Manuella.

Ele não sabe como contraiu a doença, e elogia o tratamento recebido na UTI Domed do HFA:

Não sei como, nem onde, nem de quem peguei a Covid. Só sei que, assim que cheguei ao hospital, fui direto para a UTI. Mas, para minha alegria, fui muito bem tratado lá. Todos os profissionais foram muito atenciosos comigo. Eu até queria mandar uma pizza para a equipe da UTI, mas lá não pode entrar alimento de fora!”

O militar relata que, curiosamente, deu início ao isolamento social antes mesmo que houvesse uma determinação oficial nesse sentido. No DF, a data escolhida para o início da quarentena foi o dia 18 de março. Vicente, no entanto, havia se recolhido desde o dia 1º daquele mês. Ele não precisou ser intubado.

Durante sua hospitalização, a realização de videochamadas amenizava a dor causada pela distância da família. “Meu filho Diogo fazia as videochamadas, e assim nos víamos um ao outro, e eu tinha contato com meus familiares”, recorda.

“A realização de videochamadas é muito importante para que o paciente tenha referência sobre o mundo lá fora. E também para que não se sinta desamparado, abandonado. É muito importante, sobretudo para os idosos”, relatou a psicóloga Lilian Sales.

A UTI Domed Covid-19 do Hospital das Forças Armadas deseja muita saúde ao primeiro-sargento da Aeronáutica Vicente Pereira Tiago, bem como agradece à família do militar pela confiança depositada. Parabenizamos ainda a todos os colaboradores pelos bons serviços prestados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *