Dia Mundial da Saúde: cuidados com o coronavírus ainda são necessários

Tempo de leitura: 2 minutos

Neste ano, o Dia Mundial da Saúde (7 de abril) é celebrado em meio a um cenário que requer atenção de toda a sociedade. A pandemia do novo coronavírus já contaminou 13 milhões de pessoas em todo o Brasil. As mortes, por sua vez, já ultrapassaram 337 mil.

A situação se agravou logo a partir da segunda semana de fevereiro, quando a doença passou a se tornar uma ameaça ainda mais forte à sociedade.

Nesse contexto, a equipe da UTI AMH Especialidades que atua na cidade mineira de Ituiutaba pede a toda a população que não descuide no que diz respeito às medidas preventivas à Covid-19. A gerente de Operações da UTI AMH Especialidades na cidade, Celice Romero de Aquino, faz uma importante sugestão:

Peço que todos evitem sair de casa, caso isso seja possível. Ainda não é hora de promover confraternizações ou eventos. Mas, se não tiver outro jeito, se você precisa trabalhar fora de casa, a orientação é o máximo de cuidado, com utilização de máscara, álcool em gel e, de forma alguma, aglomerações.”

Apesar de a vacinação já ser uma realidade, todos os cuidados são mais necessários do que nunca. “Até que uma parcela da população seja vacinada, até que todos tenham segurança, é muito importante manter as medidas preventivas”, destaca Celice.

Presente em Ituiutaba com dez leitos, no Hospital São Joaquim, a UTI AMH Especialidades recebe pacientes do próprio município e de outros vizinhos, como Capinópolis e Santa Vitória. A unidade garante à cidade autonomia no que diz respeito a tratamentos intensivos.

A AMH Especialidades atua em nove estados brasileiros e no Distrito Federal. Suas equipes multidisciplinares contam com profissionais de diversas áreas da saúde, como médicos, psicólogos, fisioterapeutas e fonoaudiólogos.

A empresa tem prestado forte contribuição à sociedade, por meio da disponibilização de leitos de UTI e de consistente corpo de colaboradores, apesar da notória escassez de recursos humanos em todo o País. A avaliação de pacientes e familiares está invariavelmente acima de 90 pontos em todos os locais de atuação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *